Portal da Prefeitura de Matão

 

 



 Download do Brasão Municipal

 

Memorial Descritivo e Justificado

 

a) Descrição do emblema:

 

Escudo português de prata, com uma pela de sabre acompanhada de três árvores ao natural.

 

Coroa mural de ouro de quatro torres, três ameias e sua porta cada uma.

 

Suportes: ramos frutificados de café ao natural.

 

Mote: "25/03/1895 - Matão - 27/08/1898 de prata em fitão de goles".

 

b) Interpretação dos símbolos e cores:

 

Escudo português: Forma de escudo adotada pela maioria dos municípios brasileiros, sobretudo os paulistas, este símbolo se liga também à descoberta e à colonização do Brasil.

 

Prata: Relativamente a este metal, casa-se ele com os princípios heráldicos e tem aqui o significado de vitória, que é o que representa o progresso do município, na história do seu povo.

 

Pele de sabre: Peça de honra representado as estradas, por isso de sabre, através das quais, e por sua posição geográfica, Matão está virtualmente ligado a todos os pontos do território nacional, que é esquematicamente, de forma triangular, e, por isso, nele idealmente integrado. Dividido por ela o campo de prata do escudo em três partes, representam estas os elementos de trindade - origem do município: pioneiros, Cruz de Cristo e Café.

 

Três árvores ao natural: Representação das matas que cobriam as terras a época do desbravamento do município e que originaram o nome deste.

 

Coroa mural: Símbolo convencional dos escudos de Cidade.

 

Ramos frutificados de café ao natural: Lembrando a base económica do município.

 

Fitão de Gales: Significando grandeza, valor, lembrando também a cor do Manto do Padroeiro da cidade, Senhor Bom Jesus.

 

Mote: 25/03/1895 - Matão - 27/08/1898, de prata, isto é metal sobre esmalte, conforme o exige a heraldica, constituido, respectivamente, pela data da primeira missa celebrada no município e, históricamente, a da fundação da cidade, o nome do município e a data da lei que o elevou à categoria de Município.

 

 

Mais Acessados