Curso de Direito do IMMES recebe classificação 4 estrelas

Curso de Direito do IMMES recebe classificação 4 estrelas



O curso de Direito do Instituto Matonense Municipal de Ensino Superior (IMMES) recebeu classificação “4 estrelas” do Guia da Faculdade, avaliação elaborada pelo Jornal Estadão em parceria com a Quero Educação, que considerou os dados de 2020.

O prefeito Cido Ferrari revela que recebeu com muita alegria a notícia da excelente classificação do IMMES, pois acompanhou de perto a história da instituição e os benefícios que ela trouxe para o município. “Além de manter a qualidade dos cursos o IMMES realiza importantes parcerias com o município e inúmeros trabalhos voltados a comunidade local. E temos que lembrar da ousadia do nosso saudoso prefeito Adauto, primeiro por criar uma faculdade em Matão, já que o município não contava com nenhuma naquele momento, e depois, em buscar a melhor alternativa para que o IMMES continuasse funcionando e que os alunos pudessem continuar estudando em Matão”, disse.

“É um orgulho muito grande para todos esta classificação, pois o IMMES foi a única faculdade da região a receber as ‘4 estrelas’. Consideramos que este resulto é fruto do trabalho realizado durante todos estes anos do ensino presencial, o qual nossa instituição preza em manter. O mérito também é da seleção da nossa equipe composta por profissionais capacitados e gabaritados, que levam todo o conhecimento aos nossos alunos que escolhem o Direito como profissão. Tudo isso faz do IMMES ser uma das melhores faculdades do estado”, destacou Gustavo Herszkowicz, diretor da Associação Educacional Matonense, mantenedora do IMMES.

O IMMES foi criado 1998 pelo então prefeito Adauto Scardoelli, iniciando com 50 vagas para o curso de Administração com habilitação em Marketing e, posteriormente, com mais 50 vagas para o curso de Direito. Até o momento a instituição já formou mais de 350 bacharéis em Direito.

O Secretário Municipal de Educação de Matão, Alexandre Luiz Martins de Freitas, lembra que, depois de uma alteração na forma de organizar os cursos públicos, o Conselho Estadual de Educação proibiu a existência de cursos superiores de forma subsidiada, exigindo que o IMMES fosse privatizado. “Na época, uma das exigências, para quem tivesse interesse em assumir o IMMES, era manter os preços, bem como, a qualidade dos cursos, inclusive com as exigências de mestres e doutores em seu corpo docente. E o IMMES manteve o compromisso assumido e vem, ano após ano, crescendo e oferecendo cursos de grande qualidade”.

Cido Ferrari acrescenta que a criação do IMMES foi a realização de um sonho. “Na época, eu era presidente do Sindicato dos Metalúrgicos e discutíamos a necessidade de uma faculdade em Matão. E o Adauto, com seu estilo arrojado de governar fez a coisa certa e viabilizou a realização daquele sonho. É dessa forma que vamos continuar trabalhando, sem medo, com coragem de inovar e buscando melhorias na educação, na saúde e em todas as áreas prioritárias, mas sempre pensando no que é melhor para o povo. Esse é o nosso projeto e a forma de governar que acreditamos”.

Guia da Faculdade

O Guia da Faculdade nasceu de uma parceria, fechada no final de 2018, entre o Estadão e uma das principais startups da área educacional do País, a Quero Educação. A avaliação substituiu o antigo Guia do Estudante, que era editado pela Editora Abril.

O Guia utiliza uma metodologia conhecida como “avaliação por pares” para analisar a qualidade de cerca de 14 mil cursos superiores em todo o Brasil. Nesse processo, a equipe do Guia atua como um instituto de pesquisa, colhendo a opinião de milhares de professores que atuam no ensino superior.

Todas as instituições de ensino superior cadastradas no Ministério da Educação (universidades, centros universitários, faculdades e institutos) são convidadas para fazer parte do Guia da Faculdade. Após se cadastrarem para participar da avaliação, as instituições indicam todos os cursos superiores que estão recebendo novos alunos.

O Guia da Faculdade avalia os cursos de acordo com as cidades nos quais eles são oferecidos. Se a mesma instituição de ensino oferece um determinado curso em várias cidades, cada um deles recebe uma nota específica. Caso a instituição ofereça o mesmo curso em diferentes unidades em uma mesma cidade, apenas o curso mais antigo da instituição naquela cidade é avaliado. Mais informações em https://publicacoes.estadao.com.br/guia-da-faculdade/como-e-feita/

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas PAT Matão

16/04/2024 1) MECÂNICO DE MANUTENÇÃO CURRÍCULO PARA: financeiro@cardimix.com.br ESCOLARIDADE NÃO...

Vagas PAT Matão

12/04/2024 1) MECÂNICO DE MANUTENÇÃO CURRÍCULO PARA: financeiro@cardimix.com.br ESCOLARIDADE NÃO...

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?