Dia Mundial da Água na rede municipal é celebrado com criatividade e conscientização

Dia Mundial da Água na rede municipal é celebrado com criatividade e conscientização

Nesta terça-feira 22 de março, a Prefeitura de Matão, através da Secretaria de Educação e Cultura, realizou durante evento na Associação Comercial Empresarial de Matão, a entrega simbólica de certificados e “mimos”, aos participantes da campanha nomeada “Uso consciente da água: evite desperdícios!” A atividade pedagógica, transcorrida durante este primeiro bimestre, entre professores e estudantes, consistiu em promover o debate sobre a utilização racional dos recursos hídricos.

A referida campanha está prevista no “Calendário de Atividades Pedagógicas” e envolveu todas as 28 unidades escolares da rede, sendo que cinco escolas de Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), foram desafiadas a produzirem conteúdos midiáticos, como: fotos, vídeos e até podast – para divulgação por meio das redes sociais da imprensa da Prefeitura – bem como a celebrar os resultados neste evento de entrega simbólica de certificados e mimos.

“Parabenizamos aos estudantes pelo envolvimento com o tema e aos diretores, coordenadores e professores, por terem trazido essa discussão para as escolas, sobre o uso consciente da água. É um dos principais debates que devemos promover na nossa sociedade, pois a preservação da água é muito importante, já que a cada dia temos menos chuvas, o que nos indica que há muito o que melhorar, em termos de preservação dos recursos naturais”, salientou o prefeito Cido Ferrari.

Em seu discurso, o secretário de Educação e Cultura, Alexandre Luiz Martins de Freitas, disse com entusiasmo: “estamos muito felizes com o envolvimento claro de todos vocês, o que demonstrou que é possível construir o conhecimento. Percebemos o quanto aprenderam ao pesquisarem e editarem os conteúdos, usando recursos tecnológicos. Viva a água!”.

Incentivo que levarão para a vida

Os finalistas receberam ‘Certificados’ e um mimo (garrafa para beber água):

Vinícius Gabriel Fagundes, do 6º A, da EMEF Professora Helena Borsetti, gravou um depoimento oral contando a experiência de sua família, que mora na zona rural, ao esperar sempre pela chuva, durante o cultivo na lavoura.

Júlia Nulchiado Jaquinto, do 7º B da EMEF Professor Antonio Carlos Manzini, inventou, cantou e gravou uma paródia;

Guilherme Augusto Silva Paiva, do 7º B da EMEF Benta Maria Ragassi Scutti, produziu um vídeo de storytelling, envolvendo a irmã no enredo;

Júlia Lima, do 6º ano, da EMEF Prefeito Celso de Barros Perche (CAJU), produziu um startup, com indicações sobre o uso racional da água;

Felipe Machado Simone, da Escola Adelino Bordignon, do 6º D, realizou uma exposição de fotos sobre o tema.

Acesse o link e confira os trabalhos premiados, em: https://bit.ly/351Mx6m

O porque da campanha nas escolas

A fim de criar uma situação favorável a aprendizagem de todos, que valoriza a criação, o percurso das produções, a apreciação da qualidade (avaliação), até a exposição dos resultados, a Secretaria de Educação e Cultura construiu um regulamento, que norteou o trabalho das escolas.

“Cada sala de aula, em cada escola, com a mediação do professor, escolheu o que considerou ser o melhor trabalho e em seguida uma comissão de professores definiu o primeiro lugar, de maneira participativa e democrática”, explicou a diretora de Educação Claudionice Pereira Bellintani.

Prêmio especial

Os 52 estudantes finalistas ganharam uma viagem cultural, que será realizada ainda este ano pela rede municipal de ensino.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas PAT Matão –

(16) 3382-6550️ Vagas PAT Matão – 1) ASSESSOR DE ATENDIMENTO...

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?