Escolas Municipais retornarão com ensino presencial

Escolas Municipais retornarão com ensino presencial

Respaldada no Plano São Paulo e no Comitê Municipal de enfrentamento a Covid-19, a Rede Municipal de Ensino de Matão retornará com as aulas presenciais a partir de 23 de agosto. Na próxima segunda-feira (16) os gestores, professores e demais funcionários das escolas retomam o trabalho presencial, quando na oportunidade serão realizadas vivências de acolhimento, que inclui o plantio de quaresmeiras. Para além disso, os educadores farão contato com os pais ou responsáveis pelos estudantes, a fim de manifestarem interesse no modelo de ensino presencial.

“Em Matão, mesmo diante da pandemia, os professores e a equipe gestora mantiveram o vínculo com as famílias, reunindo todos os esforços para que os estudantes não parassem de estudar. Por isso, agradecemos a todos e desejamos um excelente retorno às aulas presenciais”, considerou o prefeito Cido Ferrari.

As famílias que não optarem pelo retorno às aulas presenciais, precisarão se responsabilizar por acompanharem os filhos nas atividades do ensino remoto. De acordo com o Secretário da Educação e Cultura, Alexandre Luiz Martins de Freitas, “dependendo do tamanho do espaço físico da sala de aula, que deverá disponibilizar álcool em gel, a regra será ter apenas 50% dos estudantes, alocados em carteiras, com distanciamento de 1 metro e utilizando máscaras”, explica o secretário.

O retorno presencial acontecerá de forma escalonada: no dia 23/08, o Ensino Fundamental I (1º ao 5º); no dia 30/08, o Ensino Fundamental II (6º ao 9º); no dia 08/09, o Ensino Médio; no dia 13/09, o Pré-Escolar (4 e 5 anos) e no dia 20/09, a Creche (0 a 3 anos). A rede pública municipal possui cerca de 6 mil estudantes matriculados em 29 escolas.

Ainda, segundo o secretário Alexandre, “a equipe de educadores estudará estratégias didático- pedagógicas para estabelecer critérios de envio de atividades aos estudantes que optarem por continuar de forma remota, mas a orientação é a de que gradativamente esforcem-se para retornar, pois o ensino presencial ainda é o mais recomendado por especialistas em qualidade da educação”, concluiu o secretário.

Nesta sexta-feira (13) a Escola Adelino Bordignon realizou a entrega do livro didático, que será utilizado pelos estudantes e professores no segundo semestre de 2021.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Acesso Rápido