Fórum de Cultura Indígena é realizado pela Prefeitura de Matão

Fórum de Cultura Indígena é realizado pela Prefeitura de Matão

Evento trouxe Marlui Miranda, expressiva intérprete e pesquisadora da música indígena, que encantou o público com o show “Fala de Bicho, Fala de Gente

No último fim de semana, o Fórum de Cultura Indígena foi encerrado com chave de ouro ao celebrar a riqueza cultural e musical dos povos indígenas do Brasil. No dia 26 de abril, o Grupo Indígena Sabuká da Aldeia Kariri Xocó, proveniente de Alagoas, enriqueceu a cidade com sua presença marcante em dois locais distintos. Das 8h00 às 11h00, a Casa Pipa recebeu os membros do grupo para uma celebração cultural repleta de atividades tradicionais. Logo após, das 13h30 às 16h30, foi a vez da Casa da Cultura abrir suas portas para mais uma oportunidade de imersão na rica cultura indígena. Durante o evento, os visitantes foram agraciados com apresentações de danças tradicionais, envolventes contações de histórias e exposições de artesanatos. Com uma participação especial dos alunos do Pequeno Cidadão através do Programa Teia, a atmosfera foi de celebração e aprendizado, proporcionando aos presentes uma verdadeira experiência imersiva na cultura indígena.

Além das atividades culturais, o dia reservou um momento especial para discussões e reflexões, que teve início às 19h30. O destaque da noite foi a presença de Joemir A. Pinotti de Oliveira, que conduziu uma roda de conversa, na qual o tema abordado foi a evolução das leis impostas pelos colonizadores portugueses, as entidades representativas dos povos indígenas, as divergências culturais e os desafios enfrentados na preservação ambiental em meio à exploração e domínio externo.

O Diretor de Cultura, Juliano Jacopini, ressalta que, “o fórum de cultura indígena ampliou o repertório sobre nossa ancestralidade cultural, ofertando a população e especialmente aos artistas, momentos de troca e partilha de experiências, que reforçam as raízes e origens brasileiras.”.

Finalizando, no sábado, dia 27 de abril, às 20h30, Marlui Miranda, talentosa intérprete e pesquisadora da música indígena, encantou o público com o show “Fala de Bicho, Fala de Gente”. O espetáculo contou com ingressos gratuitos disponíveis desde o dia 23 de abril, foi uma jornada musical que combinou elementos brasileiros e estrangeiros, incluindo influências africanas e celtas, para criar uma expressão verdadeiramente universalista na música Juruna. Marlui Miranda, com sua sensibilidade e maestria, apresentou um repertório que não apenas homenageou a cultura e a tradição do povo Juruna, mas também ressaltou a beleza e a importância da diversidade cultural do Brasil. Ainda, os amantes da música e da cultura indígena tiveram a oportunidade de participar de uma oficina. No domingo (28), às 16h00, Marlui Miranda e o músico Paulo Belinati ministraram a oficina “Musicalidade Indígena”, dedicada a explorar os ritmos e os elementos musicais das diversas etnias indígenas brasileiras.

O encerramento do Fórum de Cultura Indígena foi marcado por um enriquecimento cultural dos povos indígenas do Brasil. Desde as atividades tradicionais realizadas pelo Grupo Indígena Sabuká da Aldeia Kariri Xocó até as reflexões profundas sobre as leis coloniais e os desafios contemporâneos na preservação ambiental, o evento proporcionou uma imersão na diversidade das culturas indígenas. Destacando-se o envolvimento da comunidade e dos artistas locais, o fórum não apenas ampliou o repertório sobre nossa ancestralidade cultural, mas também fortaleceu os laços de identidade e orgulho brasileiros. O espetáculo de Marlui Miranda, aliado à oficina de musicalidade indígena, encerrou o evento com maestria, destacando não só a beleza da cultura Juruna, mas também a importância da preservação e celebração da diversidade cultural do Brasil.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Atenção

Começam as inscrições para o EJA!

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?