Empresas buscam expandir negócios em leilão de imóveis promovido pela Prefeitura

Empresas buscam expandir negócios em leilão de imóveis promovido pela Prefeitura

O evento que aconteceu no prédio da Prefeitura, foi transmitido ao vivo pelos canais oficiais, contou com a participação de 51 empresas credenciadas, que disputaram os 42 terrenos distribuídos em 20 lotes. A concorrência foi bastante disputada e resultou na venda de todos os lotes disponíveis, prevendo uma receita de capital de R$ 4.993.000,00 milhões para o município, sujeita ao cumprimento dos contratos conforme o edital.

Entre as atividades das empresas que arremataram os lotes estão os setores de Implementos Agrícolas, Alimentício, Transporte, Construção Civil, Comércio Varejista e Usinagem.

“A maioria das empresas que deram seus lances já estão consolidadas em Matão e busca expandir seus negócios, o que significa novas oportunidades para a geração de emprego e renda. Isso reflete o potencial de Matão, e nosso desejo é que todas alcancem sucesso em seus empreendimentos”, destacou o prefeito Cido Ferrari.

Os lotes colocados à venda estão situados em áreas de grande potencial, abrangendo o Distrito Industrial de Silvânia, o Distrito Industrial do Portal Terra da Saudade, a Via Augusto Bambozzi e a Vila Zanardi. “Essa diversidade de localizações ofereceu oportunidades para investidores interessados em diversos segmentos e perfis de empreendimento”, destacou o diretor de Relações Institucionais, Ademir de Souza, que na ocasião foi responsável por conduzir o leilão.

O pagamento mínimo de 30% do valor ofertado deverá ser cumprido dentro do prazo de até 30 dias da data de assinatura do contrato. Além disso, o valor remanescente do imóvel adquirido poderá ser quitado à vista ou em parcelas mensais, iguais e sucessivas, em até 180 dias.

“Destacamos que os recursos provenientes desta nova receita, que chegam ao município através do leilão de imóveis, estão previstos para serem investidos em novos projetos, especialmente em obras que contribuirão para o desenvolvimento e aprimoramento da infraestrutura local”, enfatizou o secretário de Administração e Finanças, Willian Di Gaetano Bassi.

Após a alienação, os novos proprietários assumem a responsabilidade sobre o lote adquirido, incluindo a execução dos projetos arquitetônico, estrutural, elétrico, hidráulico, SPDA, bombeiros e acessibilidade das obras, que devem ser concluídos no prazo de até 90 dias a partir da assinatura do contrato.

O início das atividades da empresa no imóvel deverá ocorrer no prazo máximo de 12 meses a partir da data da aprovação do projeto pela Prefeitura. Isso inclui a obtenção do Alvará de Funcionamento, que deve ser solicitado pela empresa e expedido pela Prefeitura de acordo com a legislação vigente.

Segue abaixo a lista das empresas e valores dos lances arrematados:

  Luma Participações e Administração LTDA: R$ 500.000,00
  Fertmaq Peças e Implementos Agrícolas LTDA: R$ 650.000,00
  Confiarla Indústria e Comércio LTDA: R$ 265.000,00
  Barros Indústria de Rotomoldagem LTDA: R$ 390.000,00
  Natural Mix Indústria e Comércio LTDA: R$ 425.000,00
  Andreia Transportes Matão LTDA: R$ 352.000,00
  MG Concreto LTDA. - ME: R$ 401.000,00
  Beauty Capsules Industry LTDA: R$ 230.000,00
  Pascoini Pascoini LTDA: R$ 165.000,00
  Ventlar Indústria e Comércio LTDA: R$ 205.000,00
  Maxxi Agro Equipamentos Agrícolas LTDA: R$ 205.000,00
  Premer Indústria e Comércio de Peças Agrícolas LTDA: R$ 230.000,00
  David Uchoa Pacheco da Silva LTDA - ME: R$ 108.000,00
  José Carlos Spera Junior ME: R$ 126.000,00
  Marchesoni Consultoria Engenharia e Inspeção LTDA EPP: R$ 116.000,00
  Fabiano Nunes Gevezier ME: R$ 110.000,00
  Preenge Indústria e Comércio LTDA. EPP: R$ 115.000,00
  Waterfall Reuse Engenharia LTDA: R$ 122.000,00
  Oxipeso Indústria e Comércio de Ferragens LTDA. EPP: R$ 185.000,00
  Mario Moveis Matão LTDA: R$ 93.000,00
Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas Pat

1) ASSESSOR DE ATENDIMENTO CURRÍCULO PARA: RUA RUI BARBOSA Nº...

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?