Prefeitura de Matão recupera e realiza inúmeros investimentos na saúde pública do município

Prefeitura de Matão recupera e realiza inúmeros investimentos na saúde pública do município

Mesmo diante dos desafios, a Prefeitura de Matão tem se superado e alcança grandes melhorias na Saúde Pública Municipal. Para 2023, o município prevê uma aplicação de investimentos na ordem de R$ 73 milhões do seu orçamento total. O esforço conjunto entre a atual administração e as equipes que compõem os serviços multiprofissionais, resultam em uma rede mais sólida e produtiva, diante do compromisso de cuidar da saúde das famílias matonenses.

Com uma cobertura equivalente a 86,33% da população atendida nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e nas unidades do Estratégia Saúde da Família (ESF’s), a cada dia, o município estima oferecer ainda mais qualidade nos serviços e ampliar o acesso e acolhimento aos usuários do Serviço de Único de Saúde (SUS), nos diversos equipamentos existentes, além de formar mais equipes de trabalho com a ampliação ou construção de unidades prediais.

“Entre as competências, estes locais fazem parte da Rede de Atenção Primária, ou seja, oferta de serviços básicos que visam a prevenção das doenças e demais riscos à saúde. Portanto, é a porta de entrada para que a população tenha qualidade e mais longevidade”, avaliou o prefeito Cido Ferrari.

Dados da Secretaria Municipal de Saúde indicam o grande acesso de pessoas que em algum momento utilizaram os serviços da rede de Matão. Apenas em 2022 foram realizados nas UBS’s e ESF’s , 56.077 consultas médicas entre as diversas especialidades; 88.798 atendimentos de enfermagem; e 17.677 procedimentos odontológicos.

“Estes números representam a oferta de consultas presencias nos prédios públicos e consultas residenciais aos pacientes que dependem de uma assistência de cuidados com as equipes da Saúde da Família”, explicou o secretário da Saúde, Orivaldo Ademir Reguin, o Faro.

Com recursos próprios, a Prefeitura de Matão está executando um pacote de obras que contemplam os diversos setores, entre eles, a Saúde Pública de Matão. Nos últimos dois anos, a atual administração municipal ampliou os investimentos destinados à construção de prédios que abrigam as equipes multidisciplinares.

Para atender as necessidades deste grande contingente de pessoas, em 2022, a Prefeitura de Matão entregou a unidade do ESF no Las Lomas, que presta atendimento aos moradores dos bairros Las Lomas, Residencial das Acácias, jardim Cambuí, Vila Santa Cruz, Nova Matão e parte do jardim Buscardi e jardim Aeroporto e outra unidade de saúde mista ESF/UBS no bairro São Judas Tadeu, que atende os moradores dos bairros Vila Cardim Jardim São Judas Tadeu e Residencial São Gabriel. O investimento total destinado aos dois prédios totaliza, aproximadamente, R$ 1,5 milhão.

“Matão tem se desenvolvido de uma forma surpreendente, e percebemos o quanto o setor habitacional foi impulsionado com a vinda de novos loteamentos e condomínios residenciais. São matonenses que alcançam o sonho da casa própria e investem em nossa cidade. A formação de outras regiões populacionais demanda, proporcionalmente, a construção de novos equipamentos comunitários no entorno das moradias”, avaliou o prefeito Cido Ferrari.

Mais investimentos

A Prefeitura tem conduzido um trabalho de reestruturação, como forma de melhorar o aproveitamento dos espaços públicos. A estratégia visa possibilitar mais vantagens econômicas, além de facilitar o acesso dos usuários.

O primeiro modelo de uma unidade mista composta de vários serviços é a do bairro São Judas Tadeu, que abriga as equipes do ESF e UBS. Já a segunda está sendo construída no jardim Paraíso, onde é executada a obra de reforma, ampliação e adequação da UBS, que passará a abrigar, também, a equipe do ESF. Com investimento acima de R$ 1 milhão, a obra foi iniciada no final do mês de Janeiro.

A região do bairro Parque das Laranjeiras, em breve, será contemplada com uma unidade do ESF. A obra que está na fase de acabamento, tem previsão de término para o segundo semestre deste ano.

A unidade conta com 558,10 m² de área construída, e além das equipes de saúde, também vai contar com uma sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), serviço da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania.”Será mais um território social para atender as pessoas famílias e famílias em situação de vulnerabilidade. Desta forma, conseguimos dar maior abrangência à rede de proteção social”, salientou o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Ênio Langhi.

O valor estimado da obra é de aproximadamente R$ 1,6 milhão e atenderá os moradores do Parque do Laranjeiras I e II, Cidade Jardim e Vale do Sol, que atualmente têm a cobertura de atendimentos prestados pela unidade do Bom Jesus.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Atenção

Começam as inscrições para o EJA!

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?