Prefeitura de Matão segue com limpeza e roçagem nas Creches e Escolas

Prefeitura de Matão segue com limpeza e roçagem nas Creches e Escolas

As equipes de roçagem e limpeza, da Secretaria de Serviços movimentam-se com rapidez e atenção nos arredores e quintais das Creches e Escolas de Educação Infantil e nas principais avenidas e ruas. Além do mato bastante alto, havia enorme quantidade de lixo entulhado, o que exige ainda mais tempo para a realização do serviço em cada lugar atendido.

O Prefeito Adauto Scardoelli, externou sua “preocupação com a constante demanda de lixos jogados nos quintais das Creches, escolas de modo geral e em praças e terrenos vazios, já que a situação de paralisação das atividades, devido as regras do Plano São Paulo, facilita ainda mais este tipo de vandalismo”.

Segundo o Secretário de Serviços Municipais, Geraldo Lesbão Meira, o Mineiro, “há um cronograma planejado para limpar, roçar, consertar, todos os espaços públicos e neste momento as equipes estão priorizando as Creches, Centros Sociais, principais avenidas, Praças e pistas de caminhada”.

Esta semana, várias Creches receberam o serviço, incluindo a EMEI João Nonis Centro Social Creche, da Vila Cardim, além da Avenida Ludwig Eks, no Jardim Pereira e pista de caminhada da Avenida Mastropietro, na Vila Cardim.

O problema do descarte de lixo urbano em Matão é antigo e muito grave. Existe um hábito errado de se jogar entulhos e resíduos de lixo doméstico em lugares inadequados. Pessoas sem conscientização sobre o quanto esse ato ilegal, pode causar danos ao meio ambiente, cometem a infração a todo momento. Por que, embora muitas pessoas saibam que não se pode jogar sofás, entulhos, restos de lixo, perto das casas de outras, ainda assim, jogam?

Conforme explicou Luiz Gonzaga Bussola, Secretário Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos “esse costume é um problema cultural de algumas pessoas da nossa cidade, que ao perceber a longa distância dos pontos de descartes, acabam por jogar os resíduos de lixo, no percurso do caminho ao se depararem com terrenos vazios ou até mesmo com prédios públicos. As pessoas veem que já existe lixo jogado erroneamente e resolvem entulhar no mesmo lugar também”, completa o secretário.

Como o Governo Federal, proibiu a contratação de pessoal, por causa da pandemia, a Prefeitura não pode, nesse momento, aumentar a equipe de fiscalização sobre os descartes ilegais de lixo, então as pessoas que se depararem com algum flagrante, devem entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente (3384-4055) e ou com a Prefeitura (3383-4077).

Bussola adiantou a informação de que para reverter essa péssima história cultural de se jogar lixo em lugares errados, fato que entristece e constrange a maior parte dos matonenses que fazem o descarte de maneira correta, a Prefeitura implantará o ‘Programa Educacional Ambiental’. Os detalhes sobre essa iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos, serão publicados nos próximos dias no site e redes sociais da Prefeitura. Acompanhe em www.matao.sp.gov.br

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Acesso Rápido