Matão realiza meditação marcando Janeiro Branco

Matão realiza meditação marcando Janeiro Branco

Campanha é dedicada para prevenção e conscientização em relação à Saúde Mental

Com o tema “Quando as coisas não andam bem na sua cabeça, elas não andam bem em lugar nenhum!”, está acontecendo a Campanha Janeiro Branco dedicada a colocar os temas da Saúde Mental em máxima evidência no mundo. O projeto visa a prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. Sendo assim, a Prefeitura de Matão, por meio da Secretaria de Saúde, aderiu à ação e realizou uma medição com o médico psiquiatra Marcelo Augusto Duarte Teixeira no Parque Ecológico Municipal.

Em Matão, quatro serviços realizam atendimento a pessoas que sofrem de algum transtorno mental, seja depressão, ansiedade, fobias, pânico ou agressividade. São assistidas crianças de 0 a 12 anos no Centro de Saúde Mental Infantil (Centrinho3384.7340) e a partir dos 13 anos começam no Ambulatório de Saúde Mental (3394.2354). Ainda temos o CAPS II ‘Minha Casa’ (3384.4302) atendendo adultos com transtornos mentais severos e persistentes, além do CAPS AD (3384.9303) com adolescentes e adultos em sofrimentos decorrente do uso de substâncias psicoativas álcool e outras drogas.

Cada unidade conta com os profissionais necessários para os tipos de atendimentos prestados, como psiquiatra, neurologista, psicólogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, pediatra, enfermeiros e assistentes sociais. Os encaminhamentos podem ser feitos pelas Secretarias de Educação e Cultura ou Assistência e Desenvolvimento Social, especialistas de saúde da rede básica, Conselho Tutelar, poder jurídico ou demanda espontânea.

ObjetivosCampanha Janeiro Branco

1. Fazer do mês de janeiro o marco temporal estratégico para que as pessoas e instituições sociais reflitam e efetivem ações em prol do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e instituições;

2. Chamar a atenção para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional na vida das pessoas;

3. Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito da sua vida e do quanto investem em sua Saúde Mental e Emocional e daqueles que estão ao seu redor;

4. Chamar a atenção das mídias e das instituições sociais para a importância da promoção da Saúde Mental e Saúde Emocional dos indivíduos;

5. Contribuir para a construção, fortalecimento e disseminação de uma “Cultura da Saúde Mental” que estimule a elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Confira as vagas do PAT

• Vendedor externo E-mail: rh@invistanet.com.br Com experiência 1 vaga •...

Acesso Rápido