Prefeitura lança programação do Projeto “Entrelinhas” com leituras para vestibular

Prefeitura lança programação do Projeto “Entrelinhas” com leituras para vestibular

A Secretaria de Educação e Cultura, aos poucos, retoma e amplia as atividades educacionais no município com projetos através do Departamento de Cultura. Após mais de um ano com as portas fechadas, a Biblioteca Municipal “Maria de Lourdes Lian” prossegue suas ações com o projeto remoto “Entrelinhas” que trará, ao longo do segundo semestre, discussões sobre obras que são cobradas em dois dos vestibulares mais importantes do país: USP e UNICAMP. As transmissões acontecerão a partir de 27 de julho e seguirão até o final do ano, nos canais oficiais da Prefeitura de Matão (youtube e facebook). As atividades são direcionadas a todos os estudantes do Ensino Médio e haverá tradução simultânea com intérpretes de Libras.

“Temos grandes projetos para todas as áreas de Matão, e uma das prioridades deste Governo é contribuir com a formação e oferecer possibilidades à nossa comunidade, através dos projetos culturais e educacionais. Neste período de pandemia, nossas equipes de docentes, artistas e incentivadores da Educação, driblam as dificuldades e colocam a criatividade em prática, nos ajudando a desenvolver ideias e parcerias que atendam nossa população, de acordo com a atual realidade, sem esquecer que, em breve, retornaremos com nossas ações presenciais onde todos poderão usufruir de muitas atividades que planejamos”, ressaltou o prefeito Cido Ferrari.

O projeto nasce de uma parceira do Departamento de Cultura com o grupo de leitura “Urdiduras”, da Casa PIPA. O “Urdiduras” teve início no começo de 2018 e mantêm, mesmo durante a pandemia, seus encontros mensais, pelas plataformas virtuais. Formado por pessoas de diferentes áreas do conhecimento, o grupo reúne leitores para discussões orientadas pela Professora de Teoria Literária, Dra. Ude Baldan.

“Nesse momento, ao abordar obras presentes nas listas de leituras obrigatórias dos vestibulares Fuvest e Unicamp, o projeto terá foco especial nos estudantes em época de vestibular, tão afetados pela pandemia que enfrentamos da Covid-19, mas estará aberto a participação de todos os interessados”, explica o secretário de Educação e Cultura, Alexandre Luiz Martins de Freitas.

O “Entrelinhas” terá a cada encontro dois debatedores: um da área de Letras que convida outro de alguma área de conhecimento diferente, a fim de ampliar o espaço de discussão.

O primeiro encontro discutirá a obra “Sobrevivendo no Inferno”, de Racionais Mc’s, a partir do debate do diálogo entre Laura Chiozzini e e Luiz de Andrade. Ela, graduanda em Letras Português/Italiano pela universidade Júlio de Mesquita Filho- UNESP, tendo experiência profissional como professora de Literatura e Redação na Rede Pública. Atualmente desenvolve pesquisa na área de Semiótica e Letras Clássicas e atua como editora de textos na Rede Particular de Ensino.

Já Luiz Fernando Costa de Andrade é graduado em Ciências Sociais pela UNESP, mestre em Sociologia pela UFSCar, tendo experiência profissional como professor de Sociologia na Rede Pública Estadual e como professor de Sociologia e Filosofia na Rede Particular, tendo também atuado, nós últimos anos, como gestor Público Municipal na cidade de Araraquara (SP), na condição de coordenador executivo de políticas de promoção da igualdade racial e responsável pelo Centro de Referência Afro – “Mestre Jorge”. Atualmente é professor da Rede Municipal, além de se dedicar a elaboração e execução de projetos de formação, assessoria, consultoria e palestras relacionadas às discussões étnico-raciais contemporâneas, cultura política e Inteligência Socioemocional.

“A leitura é fonte essencial para o desenvolvimento humano e da sociedade, possibilita a obtenção de novos saberes, potencializa a capacidade inventiva e amplia o horizonte do leitor. A Biblioteca, em especial a pública, como ferramenta instalada no cotidiano das cidades, tem a missão de difundir o hábito e o gosto pela leitura e é com esse objetivo que nasce o projeto ‘Entrelinhas’, idealizado pelo Departamento de Cultura de Matão, em especial na pessoa do diretor Juliano Jacopini, que visa incentivar a leitura através de discussões, em eventos realizados em plataformas online, utilizando-se do uso de linguagens e abordagens diversas”, afirma o bibliotecário Ciro Zanini.

“Com a realização desse projeto pretendemos, além de ampliar e retomar as ações da Biblioteca Municipal, iniciar uma ressignificação do espaço e prática de leitura muitas vezes visto como movimentos solitários, e aqui nos interessa a troca de experiências e o fluxo de ideias. Assim, quando as atividades forem retomadas presencialmente, o novo conceito de biblioteca já estará em exercício: lugar de trânsito de saberes, que valoriza a multiplicidade dos sentidos que a leitura oferece”, afirma o Diretor de Cultura, Juliano Jacopini.

Projeto “Entrelinhas” – transmissões pelo Facebook e Youtube da Prefeitura de Matão

📌27 de Julho – das 19h30 às 21h00

Obra: “Sobrevivendo no Inferno”, de Racionais Mc’s

Com Laura Chiozzini

📌17 de Agostodas 19h30 às 21h00

Obra: “O Ateneu”, de Raul Pompeia

Com Iolanda Bichiato

📌31 de Agosto – das 19h30 às 21h00

Obra: “Nove Noites”, de Bernardo Carvalho

Com Ude Baldan

📌21 de Setembro – das 19h30 às 21h00

Obra: “Sonetos”, de Luiz de Camões

Com Alessandra Peracini

📌19 de Outubro – das 19h30 às 21h00

Obra: “Quincas Borba”, de Machado de Assis

Com Fafá Lima

📌16 de Novembro – das 19h30 às 21h00

Obra: “A Falência”, de Júlia Lopes de Almeida

Com Rafaelle Medina

📌30 de Novembro – das 19h30 às 21h00

Obra: “Campo Geral”, de Guimarães Rosa

Com Suzi Sperber

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Acesso Rápido