Situação de descaso encontrada no Cemitério choca os servidores e a população

Situação de descaso encontrada no Cemitério choca os servidores e a população

Para ter um diagnóstico correto da situação da cidade, logo na primeira semana de governo, o prefeito Adauto Scardoelli retomou as atividades no seu melhor estilo: visitando todas as áreas, checando o estado das coisas, conversando com as pessoas e buscando soluções para os problemas.

A área da saúde, inclusive pelo aumento dos casos de coronavírus, mereceu atenção especial e umas das primeiras medidas foi a regularização do repasse financeiro ao Hospital, pelos serviços de emergência.

“Salvar vidas é prioridade e temos a tarefa de preparar a vacinação, ter melhor estrutura para o atendimento dos casos e não descuidar do cotidiano. Faltam médicos e remédios e o Secretário da Saúde está atento a buscar soluções no menor tempo possível”, citou o prefeito.

Adauto revela ainda que foram encontradas algumas situações muito tristes como o abandono dos equipamentos de esporte, cultura e lazer, a falta de zeladoria que deixa a cidade suja e o desperdício de recursos em algumas áreas.

“São problemas que com uma gestão correta serão resolvidos o quanto antes. Mas o que mais nos chocou foi a situação do nosso cemitério. Enterrar um ente querido é algo doloroso. Em função da pandemia, isso está ainda pior, e o que encontramos ali é um desrespeito à dor alheia: túmulos inacabados, feitos às pressas e alguns inclusive sem a tampa de cobertura impedindo que a família faça as merecidas homenagens aos seus mortos. Vimos ali ao menos um ano de abandono em um espaço que deveria simbolizar paz e respeito”.

Para solucionar o problema, o prefeito Adauto Scardoelli já determinou que o Secretário de Serviços Municipais, Geraldo Lesbão Meira, o Mineiro, tomasse todas as medidas necessárias para regularizar essa situação imediatamente.

“A situação do Brasil não é fácil, sabemos. Mas com gestão, responsabilidade e muito trabalho vamos voltar a ter orgulho de nossa querida Matão”, sentencia o prefeito Adauto.

 

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Acesso Rápido