Corpus Christi de Matão 2022 – 74 anos da nossa história

Corpus Christi de Matão 2022 – 74 anos da nossa história

Corpus Christi de Matão 2022 – 74 anos da nossa história

A espera pela 74ª festa de Corpus Christi de Matão foi superada por muita devoção e alegria por todos os fiéis e visitantes que se reencontraram entre o longo trajeto de tapetes coloridos, retratados por enfeites coloridos detalhadamente decorados pelas mãos de um povo de muita fé e que, através de sua arte, representa suas origens e as gerações de todos que construiram esta história no município. Após 2 anos interrompida, devido as restrições da pandemia da Covid-19, o evento considerado um dos maiores do país,foi ampliado com novidades e o resgate de atrações iniciadas desde a noite que antecedeu o feriado.

A tradição continua ainda mais fortalecida após 74 anos de uma festa que sempre surpreende e encanta veteranos e novatos. A rotina nas horas iniciais do feriado é sempre marcada por uma grande mobilização entre as famílias de todos os cantos da cidade, afinal, os enfeites também estiveram nas casas, comércios, indústrias, lojas, escolas e outros espaços que se preparam para a passagem do santíssimo.

“Sua construção nos traz muitas lembranças, pois resgatamos histórias e as reproduzimos em nossas conversas atuais, nos encontros diante da igreja Matriz, na praça central ou em um dos momentos de apreciação dos tapetes que estão registrados nos álbuns fotográficos de todas as famílias desta cidade. A nostalgia é inevitável, pois o entusiamo, a alegria e o ajoelhar no chão para garantir o melhor traço dos desenhos ainda são os mesmos. A continuidade de tudo isso através das novas gerações, tem um significado grandioso”, relatou o prefeito Cido Ferrari.

Para o retorno da festa, a Prefeitura de Matão atuou com centenas de servidores municipais e todos os seus setores estiveram envolvidos, formando uma grande estrutura organizacional para receber os milhares de visitantes e moradores, tudo para garantir a composição do evento, que foi estendido para além da área central. “Agradeço ao esforço e dedicação de todos os servidores municípais, voluntários e demais responsáveis por este evento, pois tudo aconteceu conforme o planejado e tenho a certeza que a população percebeu o quanto nossa festa foi bem estruturada”, salientou o Prefeito.

Apesar da baixa temperatura registrada na segunda quinzena de Junho, voluntários, artistas locais, grupos de igrejas e a população, começaram a movimentar os moldes dos desenhos por volta das 04h00 da manhã, sendo totalmente concluídos em horários distintos, conforme o tamanho de cada rua e a composição dos grupos.

Já as atrações artísticas estiveram na praça “Dr. Leônidas Calígula Bastia”, com a feira de artesanato, praça de alimentação e roda de capoeira, batucada; na Casa da Cultura “Prefeito Armando Bambozzi”, com apresentações musicais; no Parque Ecológico, com oito shows musicais no palco “Viva Cultura”; na praça “Alfredo de Paiva Garcia”, com a Feira de Flores de Holambra “Expoflor”; no Ginásio de Esportes “Décimo Chiozzini”, com baile musical do Grupo Solidário de Matão; no entorno do Conjunto Poliesportivo “Dr. Laert José Tarallo Mendes”, com o “camelô; e nas diversas ruas que receberam toda a estrutura física disponibilizada pela Prefeitura de Matão, como tendas, barracas, palcos e sanitários químicos.

Contemplando o retorno do público nas ruas, a Prefeitura de Matão, com o apoio do Sesc, trouxe uma grande novidade nesta edição, os dois palcos “Viva Cultura”. As primeiras apresentações aconteceram entre a noite e a madrugada de quarta e quinta-feira. Entre as atrações estiveram o coral “Canto da Roda”, grupo da amizade “Amigo da Viola”, grupo de canto “Marias”, “Samba da Nega”, DJ “Thigor Gharda”, “Ekena” e “DJ Pimenta”.

Na quinta-feira, os shows continuaram na praça central, com “Ribitti”, César Marcati, Lucas e Leonel, Tião Cabral e Jordane, Camila Gomes e Celo Mensageiro.

“A retomada da festa teve um esforço muito coletivo de toda a equipe de Governo. Tivemos a manutenção de tudo o que faz parte da tradição, mas também buscamos inovar na parte cultural, valorizando as expressividades dos artistas locais que estiveram em grande sintonia com o público. Com isso criamos uma mescla de linguagens, ritmos e estilos musicais e, nesta experiência, nosso intuito foi contemplar todos os gostos. O resultado foi um sucesso que engrandeceu o nosso evento. Este é o reconhecimento do Corpus Christi como nosso patrimônio cultural e o reforço da entidade e da arte do povo matonense” destacou o diretor de Cultura, Juliano Jacopini.

Com o intuito de promover e colaborar com a atuação e os trabalhos de atendimento às famílias carentes, toda a praça de alimentação montada próximo ao palco “Viva Cultura” e na praça central, foi reservada para a comercialização de bebidas e alimentos das entidades assistências, sendo elas, Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer de Matão (APFCC), Grupo Apoio Solidariedade às Pessoas com Aids (GASPA); Associação Pão Nosso, Centro Espirita Celeiro de Luz, Grupo Escoteiros; Lar São Vicente de Paulo (Asilo), Vicentinos Santa Clara e Amigos da Mulekada.

Ao longo da quinta-feira (16), diversas celebrações foram realizadas na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus, com encerramento das atividades religiosas no final da tarde, quando os fieis seguiram a procissão sobre os tapetes ornamentados. “Agradeço também a parceria de toda a comunidade cristã que nesta data traz o principal significado deste dia, a celebração e a realização do sacramento da eucaristia”, finalizou Cido Ferrari.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas PAT Matão

16/04/2024 1) MECÂNICO DE MANUTENÇÃO CURRÍCULO PARA: financeiro@cardimix.com.br ESCOLARIDADE NÃO...

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?