Prefeitura de Matão comemora resultados do Programa ‘TEIA’ e ‘Pequeno Cidadão’

Prefeitura de Matão comemora resultados do Programa ‘TEIA’ e ‘Pequeno Cidadão’

Neste mês de dezembro ocorreu a ‘Mostra’ dos processos criativos dos alunos do Pequeno Cidadão do Jardim Paraíso e Vila Pereira, bem como dos grupos em Pontos de Cultura. São exposições, instalações e apresentações, tendo a natureza como eixo principal do trabalho desenvolvido por dezenas de alunos e arte-educadores.

O programa ‘Território de Educação, Intercultura e Arte (TEIA) é realizado pela Prefeitura de Matão, desde maio de 2022, em convênio com a Associação Cultural e Ambiental para Cidadania – ONG Ocara. Esta organização da sociedade civil é responsável pela retomada e desenvolvimento do projeto “Pequeno Cidadão” e da oferta das formações por meio das Oficinas Culturais.

No início de 2022 a ONG Ocara elaborou a proposição do projeto TEIA direcionando-a à Prefeitura de Matão, que ao considerar a importância e pertinência do projeto assinou o convênio para subsidiar e investir, no que, posteriormente tornou-se um programa em desenvolvimento.

Desde então o Teia é viabilizado por um termo de colaboração firmado entre a Prefeitura de Matão e a ONG Ocara, instituição da sociedade civil que realiza trabalho ininterrupto no município há mais de duas décadas, nos campos cultural e ambiental, fortalecendo-se nas práticas arte-educativas, através do Festival Internacional de Arte-Educação Fronteiras Brasil e da Plataforma Internacional de Produção Artística (Casa Pipa).

Tomamos uma decisão certa quando firmamos convênio para investir em arte, cultura e educação, pois a beleza e criatividade das ‘Mostras’ da produção das crianças, jovens, adultos e idosos que participam do TEIA e Pequeno Cidadão, nas oficinas, são resultados muito positivos. Percebemos o quanto essa experiência faz bem às pessoas”, avaliou o prefeito Cido Ferrari.

Para manter a oferta de oficinas gratuitas à comunidade, por meio do TEIA e o Pequeno Cidadão, a Prefeitura remunera 42 artistas e arte-educadores, que desenvolvem aulas de balé, viola, violão, pintura em tecido, ilustração, costura, teatro, dança contemporânea, capoeira, ritmos, percussão, sopro, piano, canto infantil e adulto, entre outras.

“Este Programa é um acontecimento pioneiro em âmbito nacional, tendo em vista que todo os artistas profissionais são registrados com direitos trabalhistas garantidos. Estamos diante de uma feitoria educativa e artística, com empenho ético e estético, já que valoriza, sobretudo, o trabalho e a criação na formação humana global do cidadão”, enfatizou o diretor de Cultura, Juliano Jacopini.

Entre os cursos de múltiplas linguagens do campo das Artes das Cenas, Artes Visuais, Música e Literatura estão: teatro, dança contemporânea e urbana, canto e coral, orquestra, instrumento solo, pintura, grafite, artesanato, contação de histórias, circo e outros. As aulas ocorrem nos pontos de cultura como o Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU), Casa da Cultura, CAPS, projetos assistenciais, entre outros.

De acordo com o coordenador do TEIA, Douglas Aranha, _o programa tem o objetivo de fomentar os territórios potencialmente culturais da cidade, incluindo as atividades do ‘Pequeno Cidadão’, fortalecendo os Pontos de Cultura do município. Trata-se de difusão artística e cultural com e para a comunidade matonense, sobre a qual estão debruçados diversos profissionais que atuam em diferentes espaços públicos”, descreveu Aranha.

*Pequeno Cidadão*

A consolidação da parceria entre a Prefeitura e ONG OCARA também viabilizou a retomada das atividades do projeto “Pequeno Cidadão”, que realiza atividades de educação complementar artística para crianças e adolescentes, em extensão escolar, na rede municipal de ensino.

Estamos muito felizes e agradecidos ao prefeito Cido Ferrari, pois a Educação Complementar havia sido interrompida antes do início da pandemia da Covid-19 e assim que apresentamos as propostas de retomada ele apoiou e determinou que reiniciássemos as atividades, disponibilizando recursos para isso”,_ relatou o secretário de Educação e Cultura, Alexandre Luiz Martins de Freitas.

O presidente da ONG-OCARA reforçou a importância das atividades artísticas e culturais no processo de desenvolvimento das pessoas: minha vida profissional é resultado das oportunidades que tive nesta cidade e que hoje voltam neste Governo com a mesma percepção, sou ex-aluno de oficinas culturais que estudou, viajou e hoje leva adiante o que aprendeu”, rememorou Kadinael Silva.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas PAT Matão –

(16) 3382-6550️ Vagas PAT Matão – 1) ASSESSOR DE ATENDIMENTO...

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?