Prefeitura realiza, em parceria com o Sebrae, curso de empreendedorismo para mulheres

Prefeitura realiza, em parceria com o Sebrae, curso de empreendedorismo para mulheres

Programa ‘Sebrae Delas’ incentiva, valoriza e acelera a jornada de mulheres que já tem uma pequena fonte de renda ou que desejam empreender

O curso foi realizado, gratuitamente e nesta semana, por meio de uma parceria entre o Sebrae-SP e as Secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Desenvolvimento Social e Cidadania. Sendo um conteúdo de 6 módulos, durou três períodos vespertinos e ocorreu no Centro de Artes e Esporte Unificado (CEU).

Voltado a mulheres empreendedoras ou que desejam abrir seu próprio negócio, tratou-se de uma capacitação totalmente gratuita com certificado nos temas: gestão, empreendedorismo, empoderamento feminino e negócios de impacto social.

O prefeito Cido Ferrari parabenizou e incentivou as participantes: “o trabalho dessas mulheres empreendedoras é muito importante, porque além de prepará-las para manter ou abrir seus negócios, aquece a economia local e empodera para que elas tenham autonomia na condução de suas vidas!”

Uma das 9 mulheres que conseguiram finalizar o curso, que teve 31 inscritas, a senhora Edovirges Antônio da Silva, relatou que a capacitadora do Sebrae esclareceu dúvidas, trouxe informações práticas e fez surgir boas ideias para geração de renda. “Sou costureira há muitos anos, tenho muita prática e quero ensinar outras mulheres a costurar peças fáceis para vender e gerar renda, como cuecas, camisetas, blusas, calças”.

A costureira Edovirges contou ainda que esteve no Projeto Renascer, o qual abriga pessoas em situação de rua, e consertou as máquinas de costura existentes naquela entidade, colocando-se à disposição para iniciar um trabalho de confecção, com planejamento e geração de renda, incluindo as mulheres participantes do curso.

Neste mesmo sentido, a pipoqueira Sônia Araújo da Silva mostrou-se encorajada a prosseguir com uma pequena fábrica de bolos, interrompida durante a pandemia de Covid-19. “Criei sozinha sete filhos, vendendo balas, doces, ‘cueca virada’, bolos, e recentemente fiquei muito deprimida, não conseguia vender mais os bolos, tive que fechar, não sabia como lidar com isso, agora estou mais preparada, o curso me trouxe esperança e perspectivas concretas”, emocionou-se, Sônia.

De acordo com a facilitadora do Sebrae, Queli Cristina Alves Baptista Silva, “espera-se transformar a vida de mulheres que desejam ser protagonistas de sua própria história, realizando sonhos e empoderando-as através da inclusão social e acesso aos mecanismos de geração de renda”, conclui.

Com isso, o Sebrae planeja capacitar 1.000 mulheres, em situação de vulnerabilidade Social de todo Estado de São Paulo, para as seguintes habilidades e competências: empreendedorismo e gestão de negócios, com certificado; formalização e melhoria de gestão de negócios; aceleração para o desenvolvimento de projetos de impacto social.

Conforme adiantou o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Ênio Langhi, outras articulações e busca por parcerias vêm sendo estabelecidas para que novos cursos de qualificação técnica sejam oferecidos para toda população, gratuitamente. Os referidos cursos serão divulgados nas redes sociais da Prefeitura.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas PAT Matão

16/04/2024 1) MECÂNICO DE MANUTENÇÃO CURRÍCULO PARA: financeiro@cardimix.com.br ESCOLARIDADE NÃO...

Vagas PAT Matão

12/04/2024 1) MECÂNICO DE MANUTENÇÃO CURRÍCULO PARA: financeiro@cardimix.com.br ESCOLARIDADE NÃO...

Acesso Rápido

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?