Prefeitura realiza III Fórum de Arte e Cultura com debate sobre os “Caminhos da Dança”

Prefeitura realiza III Fórum de Arte e Cultura com debate sobre os “Caminhos da Dança”

Contemplada pela Lei Emergencial nº 14.017/2020, denominada ‘Aldir Blanc’, no ano passado, Renata Canova Escola de Ballet, realizará o III Fórum de Arte e Cultura, com uma série de debates e oficina prática sobre o tema “Caminhos da Dança”. O evento representa parte da contrapartida, pelos recursos recebidos e acontece nos dias 24, 25 e 26 de maio, das 19h às 20h30. Como neste momento de pandemia não é possível apresentar de forma presencial, tudo será transmitido via plataforma educacional zoom, sendo necessário a realização de inscrições pelo link: https://forms.gle/euh93E9WVqYdyam88

“As apresentações artísticas e culturais dos fóruns via internet são muito importantes por que nos permite cumprir com a determinação do nosso prefeito ‘Adauto’, em dar continuidade à fomentação de arte e cultura no município, mesmo em meio a pandemia”, disse o secretário de Educação e Cultura, Alexandre Martins de Freitas.

O Conselho Municipal de Cultura de Matão elaborou os projetos de acordo com os editais em 2020, para pleitear os recursos propostos na Lei que homenageia o grande compositor brasileiro Aldir Blanc, criada em decorrência da pandemia.

Conforme explica Renata Canova, mediadora do evento, “os recursos da Lei Aldir Blanc permitem que nós artistas e produtores culturais possamos continuar oferecendo atividades gratuitas a população e esse fórum é uma grande oportunidade de reflexão e aprendizagem sobre temas ‘delicados’, como é o caso da dança e seus caminhos, que necessitam de reflexão comparativa, sobre como isso era tratado pela sociedade antigamente e quais mudanças de concepções ocorreram no mundo moderno, para que possamos atualizar os valores e conseguirmos continuar evoluindo, chegando a conclusão de que não há impedimentos para dançar, não existe idade e nem gênero, a dança é para todos!”

A contrapartida é compartilhar conhecimentos com o público interessado de forma remota e gratuita, durante as atividades transmitidas da Casa da Cultura via internet. Os recursos foram destinados para 33 artistas e associações da cidade, produtores de teatro, música, circo, audiovisual e literatura.

“Os fóruns de arte e cultura vêm se revelando como espaços enriquecedores, onde podemos pensar em como a arte é fundamental em tempos tão nefastos como o que estamos vivendo, tempo este que nos exige a distância como segurança. Estamos a mais de um ano confinados em nossas casas e nossa companhia inseparável é nosso corpo – todo corpo dança! Cada corpo tem sua dança pessoal, e descobri-la pode ser fundamental em momentos como este, para nos reinventarmos”, avaliou Juliano Jacopini, diretor de formação cultural da Secretaria de Educação e Cultura (Casa da Cultura).

Programação:

24.05 – Tema: Meninos também dançam!
Oficineiros: Myrna Jamus e Carlos Fonseca

Myrna Jamus – Bailarina, professora e coreografa. Desenvolve sua metodologia de ensino estruturada no método Vaganova, base de sua formação técnica em dança. Diretora do Conservatório Arte e Movimento Certified Teacher PBT by Marie Walton. Especializou-se em remontagens e releituras do repertório clássico adaptado para escolas de dança. Fundadora do projeto Ballet Boys Maitre, convidada pelo ‘Dança com Ciência’.

Carlos Fonseca – Bailarino, Coreógrafo e Professor de Dança e Teatro. Cientista Social, Mestre e Doutor em Estudos Literários. Professor da Escola Municipal de Dança “Iracema Nogueira”, de Araraquara/SP. Já lecionou e dirigiu espetáculos em várias cidades brasileiras.

25.05 – Tema: “Diferentes perspectivas da dança em diferentes tempos”.
Oficineira: Ana Maria Macedo e Douglas Aranha.

Ana Maria Macedo – RAD Ballet Teacher desde 1991 no Brasil, Londres e Emirados Árabes; Tutora e Supervisora de novos professores da Royal/Londres, Fisioterapeuta Palestrante em Dança com especialização em NY. Coach International de exames da Royal; Introduziu o método Progressing Ballet Technique no Brasil em 2007 sendo diretora do mesmo.

Douglas Aranha é formado em Letras (Português/Alemão) pela FCLAr (UNESP Araraquara) e Técnico em Dança pela ETEC de Artes (São Paulo). É membro da Cia Labirinto de Teatro desde 2012 (ator e produtor) e colaborador da Casa PIPA. Atualmente está em formação pelo Body Mind Movement – Educador do Movimento Somático, curso certificado pelo ISMETA – International Somatic Movement Education & Therapy Association.

26.05 – Tema: “Prática de anatomia vivencial como técnica em dança”. Encontro Prático.
Oficineiro: Douglas Aranha.

Renata Canova Escola de Ballet

Iniciou seus trabalhos em Matão/SP em Maio de 2013 e teve como fundadora a bailarina Renata Canova Ramos que é Bailarina, pós-graduada em Recursos Humanos, pedagoga e Professora. Atualmente formada pela Royal Faculty of Education de Londres em Certificate in Ballet Teaching Studies realiza anualmente cursos de atualizações ministrados pela instituição no Brasil e no exterior.
Trabalha a fim de estimular o desenvolvimento motor, racionalidade, entusiasmo e prazer em aprender a dança de forma saudável, segura e disciplinar, contribuindo efetivamente na formação do caráter e crescimento de cada indivíduo.
Consciente da responsabilidade social, atendemos crianças de projetos sociais principalmente junto à população jovem em situação de risco.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é forum-danca-arte-2.png
Compartilhe
Notícias Relacionadas

Acesso Rápido