Casa da Cultura recebe a exposição “A Fluente” da artista Mick Alves

Casa da Cultura recebe a exposição “A Fluente” da artista Mick Alves

A partir desta semana, a Prefeitura de Matão retoma mais um cronograma de ações culturais no município. Na sexta-feira (11), a partir das 19h00, acontece na Casa Cultura, a abertura da exposição “A Fluente”, da artista Mick Alves. A exposição é composta por um grupo de obras da artista que vem desenvolvendo sua expressividade, revelando reflexos de sua história de vida. O público está convidado a prestigiar a atividade que reinicia a programação de exposições artísticas com a presença da população. A novidade deste ano é que estas dinâmicas acontecerão em outros ambientes, percorrendo demais pontos da cidade.

Após longo período de atividades paralisadas devido a Covi-19, o diretor da Casa da Cultura de Matão, Juliano Jacopini, destaca a expectativa em reabrir as exposições de artistas locais com a retomada do movimento de visitação aberta na Casa da Cultura. “O público aos poucos volta a participar de atividades culturais da cidade ao tempo que também reconhece o artista matonense. A ideia é que, mensalmente, um artista exponha seu trabalho que no mês seguinte será distribuído em outros espaços da cidade, a fim de que a obra de arte chegue por todos os cantos do município. Agradecemos a valorização e o incentivo do prefeito Cido Ferrari à arte do nosso município”, frisou.

Com uma produção alternativa, reinventando desde os materiais primos para sua criação (como o uso de madeira de descarte), até a singularidade de seu traço – simples – que ocupa uma espacialidade interior, Michele Alves (Mick) é artista matonense que integra a Cia. Labirinto de Teatro e a Casa PIPA.


Formada por várias experiências, tendo destaque o conhecimento prático partilhado com Kadinael Silva, mentor e artista visual da cidade de Matão. Sua obra foi selecionada para compor a Bienal Naïfs do Brasil, no Sesc, em 2017.

“A arte em mim flui naturalmente e se manifesta de formas diferentes. Música, pintura, escultura, estou sempre aprendendo, vivendo. Pinto em série, pois pra mim os temas são sempre atuais e a série não precisa ter um fim ela pode continuar fluindo. Além das séries que venho trabalhando na pintura, tenho trabalhado uma série de esculturas de madeira. Fluindo vou seguindo no rio da vida”, resumiu a artista sobre sua arte.

A Casa da Cultura “Prefeito Armando Bambozzi”, fica na Av. Sete de Setembro, 1051, no Centro. A visitação da exposição “A Fluente” poderá ser feita até o dia 01 de abril, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h00. Mais informações pelo telefone 3382-6640.


Compartilhe
Notícias Relacionadas

Vagas PAT Matão

Currículo e-mail: james.melo@nutrisuco.com.br Ensino Superior Completo Com experiência 1 vaga...

Acesso Rápido